sábado, 22 de agosto de 2009

Brecht

No familiar, descubram o insólito

No cotidiano, desvelem o inexplicável

Que o que é habitual provoque espanto

Na regra, descubram o abuso

E sempre que o abuso for encontrado

Procurem o remédio


Bertold Brecht

Nenhum comentário: