segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O garoto olhou para trás com firmeza:

-Eu não acredito mais em você.

Eu, de longe, que andava até então brincando de cantar errado músicas conhecidas, pausei por um instante. É, perdeu. Quem diz algo assim, com tanta força e determinação não pode estar falando senão a verdade. Sorte dele. Sinto falta disso, de quando em quando.

2 comentários:

Ana Paula Saltão disse...

Sinto falta disso sempre.
E o pior. É uma falta do que nunca tive.

"cantando errado músicas conhecidas" doce de tão humano, como você.

:)

Mikaellis disse...

Coisas assim me doem de quando em quando. Nem sempre acho que me assiste o direito de me sentir assim. Tento sorrir então.