segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Cidades


Ando pensando nas férias. Na noite, no parque, no vento e no calor abafado - um tanto quanto familiar. Até o percurso, as pessoas caminhando com suas roupas de ginástica; o meu objetivo final: a academia como um contraponto à falta de exercícios na cidade grande. É gostoso.

Agora à noite tudo muda: entro no computador e com um clique me sinto em casa novamente. Os blogs e sua pulsação, as entrevistas com personalidades de quem eu ouvi falar, admiro, mas não sei bem concretamente a razão, o email e toda a sua acumulação de chamados. Que me retornam à ativa, me levam à reflexão, me trazem desejo de produzir. À juventude e à vida.

As artes, as fotografias, o teatro. A cultura. O elo entre esses dois mundos. Agora, o cinza. Talvez, mais tarde, o bucólico. A saudade, sempre. De um e de outro.

2 comentários:

Ana Paula Saltão disse...

Cara, como eu entendo isso.

x)

Tulio Bucchioni disse...

hauahuaha...Só nós sabemos, Paulinha!