segunda-feira, 19 de julho de 2010

Atividade e satisfação

Por sorte, dois filmes bons. E totalmente diferentes. Do mais, a mesma certeza: a busca pela satisfação nas atividades em que desempenhamos na vida. Grandes atividades. Lecionar e dançar. E é realmente essa a ordem do dia: satisfação e paixão. Lembro de Almodóvar em Má Educação.

A outra é um Woody Allen dos bons. Sincero, de direção e narrativa simples. Mas profundo em sua sutileza. Para todos aqueles que estão muito certos do que fazem e do que querem, é recomendável, assistam a esse filme. Deixem-se sentir, sofrer, se entregar ao sentimento. No mais, deixem-se viver. Essa é a mensagem principal do filme. Se não está tudo bem, ótimo. Que venha a crise!

Momento de decisão não é mais um daqueles filmes manjados sobre ballet ou dança. Tá certo que o suposto conflito entre vida pessoal e a dança por horas parece demasiado dispensável. E não conflituoso, ao fim. Mas o filme todo é apaixonante. Ame a dança, ou deixe-a. Taí a foto do Mikhail Baryshnikov, bailarino russo famoso no mundo inteiro, que fez um papel no filme.

Nenhum comentário: